1 dia no Sea World: O roteiro Perfeito

Author

Categories

Share

Já existiu a época em que você não precisava passar 1 dia no Sea World durante sua viagem para Orlando. Antigamente, bastava algumas horas (talvez meio dia, no máximo) para curtir tudo que o parque tinha.

Hoje, não é mais assim. Atualmente, o Sea World exige pelo menos um dia completo, embora às vezes seja necessário um pouco mais do que isso.

Existem muitos fatores para explicar essa mudança. O Sea World cresceu e adicionou várias atrações, por exemplo. Além disso, o parque ficou mais popular e ficamos mais tempo nas filas.

Portanto, se você pretende curtir pelo menos 1 dia no Sea World durante a sua viagem, precisa de um roteiro de qualidade para garantir que terá uma experiência positiva no parque.

Neste artigo, você verá um roteiro perfeito para passar 1 dia no Sea World e aproveitar o que de melhor o parque tem. Siga a leitura para saber mais!

Antes do roteiro, algumas considerações

O Sea World é um parque em que, idealmente, você passaria 1 dia e meio ou dois dias para poder ver tudo que há ali. São muitos shows, muitas atrações e, claro, muita gente. Isso significa filas longas e menos tempo disponível.

O que nós recomendamos, para agilizar o processo e sobrar mais espaço para atrações no seu roteiro é comprar o ingresso com a opção quick queue. Assim como os Fast Pass da Disney, esse ingresso permite pegar filas menores e agilizar a curtição.

Além disso, não recomendamos ficar em um hotel muito longe do Sea World. É importante tentar chegar lá o mais cedo possível para aproveitar a primeira hora de abertura do parque (9 da manhã), com menos visitantes.

Outra recomendação é que você vá equipado com roupas que podem molhar. O Sea World não é um parque aquático per se, como os da Disney ou o Volcano Bay, mas grande parte das suas atrações molham os convidados.

Além de uma roupa que possa molhar ou uma muda extra na mochila, confira outros itens a levar para os parques de Orlando!

Em relação à melhor época para ir ao Sea World, vai depender do tipo de experiência que você quer ter. Normalmente, de junho até setembro Orlando está muito cheia, com risco de chuvas e furacões.

Nós recomendamos a ida em maio, que talvez seja o melhor mês para visitar a cidade. Não é frio e nem quente demais, tem pouca gente e o período de chuvas ainda não começou oficialmente.

Como entender o Sea World

Assim como outros parques de Orlando, o Sea World é dividido em áreas temáticas que reúnem determinadas atrações. A diferença, entretanto, é que este parque é o que mais tem zonas específicas: são 8.

Dessa forma, fica difícil montar um roteiro de 1 dia que aborde as 8 áreas diferentes do Sea World para que seja possível ver tudo que o parque tem a oferecer.

Pense da seguinte forma: para ver as 8 áreas em um dia só, você teria de ver 4 de manhã e 4 de tarde. Porque sim, o Sea World fecha cedo. Ele é, aliás, o parque de Orlando que fecha mais cedo. Portanto, sua janela de atuação é menor.

Fazer 4 áreas de manhã (das 9 ao meio dia) e depois mais 4 à tarde (das 13h até às 18h), seria apertado demais.

Por isso, nós montamos o nosso roteiro de 1 dia no Sea World de outra maneira. Nosso plano é conduzir você por todas as atrações imperdíveis do parque, seja lá em que zona estiverem.

Montaremos de um jeito que seja geograficamente lógico e que você não precise ficar dando voltas e voltas pelos lugares.

Além disso, nosso roteiro de 1 dia no Sea World deixará alguns espaços para customização e para que você possa repetir algumas das suas atrações favoritas (confie em nós, você vai querer repetir algumas!).

Não dará para ver TUDO que o Sea World tem, mas você não irá embora sem ter provado do melhor que o parque oferece.

Estamos entendidos? Então pegue um café, se ajeite na poltrona e vamos começar com o nosso 1 dia no Sea World!

1 dia no Sea World: o que fazer de manhã?

O Sea World é um parque que mistura atrações e shows, assim como outros de Orlando. Por exemplo, na Disney há o Jedi Training, que acontece em horários específicos.

A diferença é que os shows em outros parques são complementares. Eles contribuem para uma experiência legal, mas não são essenciais. 

Já no Sea World, os shows são parte principal do parque. Portanto, você precisa organizar o seu dia no parque ao redor dos horários das apresentações.

É por isso que nós recomendamos o ingresso quick queue, já que ele permite que você entre na fila rápida em vários brinquedos. Dessa forma, você poupa tempo nas filas e consegue encaixar mais atrações entre os horários dos shows.

Portanto, nosso roteiro de 1 dia no Sea World seguirá essa lógica: vamos selecionar os melhores horários para os principais shows e encher o restante da agenda com atividades próximas. Começando pela…

Atração 1 – Manta

Assim que entrar no Sea World, avance para uma das primeiras atrações disponíveis: a montanha-russa Manta.

Ela é uma das mais legais montanhas-russas de Orlando, desde o seu trajeto no subsolo, que simula um aquário com um tanque cheio de arraias, até o seu percurso em si.

A Manta tem mais de 1 quilômetro de trilhos de alta velocidade com várias inversões e loops pelo caminho. O mais legal é que a montanha-russa foi pensada para simular uma arraia nadando. Por isso, os visitantes vão deitados por baixo do trilho, o que deixa o passeio ainda mais emocionante, inclusive no momento em que o primeiro carrinho dá um rasante perto de um lago e levanta um monte de água.

Começar o seu dia com a Manta é uma excelente ideia pois você consegue pegar a montanha-russa em um momento com pouco movimento e, caso goste, terá chances de repeti-la depois, durante o dia.

Atração 2 – Sky Tower

Depois da Manta,, vamos direto para um dos pontos turísticos mais importantes do Sea World: a famosa Sky Tower.

Essa atração consiste em uma torre de observação com 122 metros (a mais alta da Flórida).

A câmara de observação sobe até o alto da torre e faz uma rotação, permitindo uma visão de 360 graus da região. 

É um excelente ideia colocar a Sky Tower logo no começo pois pegamos o dia com bastante sol, pouca fila e já tiramos da lista uma das atrações obrigatórias do parque.

Atração 3 – Manta

Saindo da Sky Tower, vamos para a nossa segunda montanha-russa. Subindo pelo parque, você terá basicamente duas opções: a Kraken e a Mako. No momento, vamos ignorar a Kraken e focar na outra.

A Mako é simplesmente a montanha-russa mais alta, mais longa e mais rápida dos parques temáticos de Orlando. Desde que foi inaugurada, em 2016, a Mako caiu no gosto dos turistas e foi seguidamente premiada como uma das principais montanhas-russas do mundo.

Dá para dizer com segurança que a Mako é uma atração para os corajosos e fortes de coração. Entretanto, é uma atração que você TEM DE visitar. Sério, não dá para sair de Orlando sem ter curtido a Mako.

Por isso, recomendamos que vá nela logo depois da Manta. Vai parecer que a Manta é “chatinha” depois de ir na Mako, mas com esse combo você terá um começo incrível para o seu dia.

Atração 4 (opcional) – Infinity Falls

Aqui, nosso roteiro abre uma bifurcação. Se houver tempo, passe para a Infinity Falls. Se não, pule direto para a próxima, que é a Ocean One (o famoso show com a baleia Shamu – que não é a Shamu original, mas uma da sua família).

Como você vai saber se há tempo? É simples: na entrada do parque, pegue um folheto com os horários dos shows.

Normalmente, a primeira apresentação da Ocean One acontece às 11:30 da manhã e dura cerca de meia hora. É importante pegar a primeira apresentação pois, habitualmente, é um show mais animado, com as baleias mais participativas.

Idealmente, você deverá estar na fila da Ocean One mais ou menos às 11h para pegar um bom lugar. Por isso, deverá controlar o tempo para decidir se vai na Infinity Falls ou não.

Se tiver com o ingresso quick queue e achar que dá tempo, aproveite. Se não, deixe para ir depois da Ocean One.

A Infinity Falls é a atração mais recente do Sea World. Inaugurada em 2018, a Infinity Falls é uma atração muito, muito legal. Ela detém o recorde de maior queda em um rio de corredeira dentre os parques temáticos do mundo todo.

Os visitantes entram em uma espécie de bote-boia circular (cabem 8 por vez) e são levados pelo percurso, que leva 5 minutos para ser percorrido.

Do seu ponto mais alto, a Infinity Falls entrega uma queda de 13 metros diretos, dando muita emoção para os participantes.

Vale lembrar que esse é um brinquedo que molha muito. Afinal, são 3,4 milhões de litros de água na atração. Recomendamos ir na Infinity Falls nos dias de calor e levar uma roupa extra para depois do percurso.

Atração 5 – Ocean One

O Ocean One é a atração mais famosa do SeaWorld, sem a menor dúvida. O show de acrobacias e dança com as baleias é incrível. São várias baleias que performam diversos truques no tanque de água do parque, coordenados pelos treinados especializados.

Idealmente, como já falamos antes, o melhor é pegar o primeiro show do dia, que acontece atualmente aproximadamente às 11:30 da manhã.

Dependendo da época, você vai precisar chegar uma meia hora antes para pegar lugar na fila. Já em dias mais vazios, não precisará esperar tanto assim (15 minutos é o suficiente).

O importante é você ficar de olho no panfleto com os horários do dia para garantir que pegará o primeiro show. Além disso, olhe para o ritmo do público para saber se precisará chegar meia hora antes ou não.

O show do Ocean One dura aproximadamente 30 minutos. O que significa que você sairá dele mais ou menos ao meio dia. Se tiver dado tempo de ir ao Infinity Falls antes, pode partir para o almoço assim que sair daqui.

Se não, vale a pena ir ao Infinity Falls depois e almoçar mais ou menos 12:30.

Hora do almoço: onde comer no SeaWorld?

Depois das aventuras e agitos do período da manhã, vamos partir para o almoço no nosso roteiro de 1 dia no SeaWorld. Como o parque fecha aproximadamente às 18h nas épocas menos agitadas e às 21h na alta temporada, é possível que você não tenha a chance de jantar lá.

No geral, existem dois tipos de refeições no SeaWorld: as experiências e os almoços rápidos. Qualquer uma delas é adequada, mas existem características específicas que você deve ter em mente.

Normalmente, as experiências gastronômicas levam tempo. Algo como de 1 hora até 1:30, dependendo do lugar e do seu ritmo.

Além disso, as experiências gastronômicas são bem mais caras, o que pode pesar no seu bolso; Mas, se o seu orçamento as comportar, elas valem a pena.

Já os almoços rápidos oferecem uma comida gostosa, mas mais simples. Ao mesmo tempo, são mais rápidas e logo você voltará para curtir as atrações do parque.

Se você só tiver um dia no Sea World, vai ter de escolher entre uma refeição especial ou ter mais tempo para aproveitar o parque. Confira as opções a seguir!

Shark Underwater Grill

Uma das grandes experiências gastronômicas do Sea World é o Shark Underwater Grill. O restaurante tem um grande aquático com tubarões, o que dá a impressão de ficar localizado debaixo d’água.

A comida do lugar é muito boa e premiada. Por causa disso, o preço é um pouco acima da média.

Dine with Shamu

Outra opção de experiência gastronômica é o Dine with Shamu. A refeição precisa ser pré-agendada e acontece em um buffet ao lado do tanque onde estão as baleias do show Ocean One.

Enquanto você come, poderá ver as baleias nadando e conversar com os treinadores, que compartilharão informações e fatos curiosos.

Voyager’s Smokehouse

Um dos restaurantes mais visitados do parque é o Voyager’s Smokehouse, que serve vários pratos de carne, como frango de churrasco, costelinha de porco e muito mais.

Para as crianças, existe um cardápio infantil com opções saudáveis e nutritivas.

Mama’s Pretzel Kitchen

A opção mais rápida para o seu almoço no Sea World é o Mama’s Pretzel Kitchen, que serve vários mini-sanduíches em pães de pretzel, além de cervejas, refrigerantes e coquetéis gelados.

1 dia no Seaworld: o que fazer de tarde?

Assim como fizemos no período da manhã, vamos montar o nosso cronograma da tarde ao redor de um show com animais. Nesse caso, será o Dolphin Days, que reúne acrobacias e atividades sincronizadas feitas pelos golfinhos.

Com base nisso, escolhemos as atividades restantes com base no nível de qualidade da atração, proximidade e popularidade. Confira a seguir!

Atração 6 – Wild Artic

Comecemos o período da tarde com uma atividade mais tranquila: o Wild Artic. Esse simulador leva os visitantes a uma viagem ao Ártico, cheia de agito e aventura (ou melhor, no máximo de aventura que um simulador consegue oferecer).

No final do passeio simulado, os visitantes saem por um caminho que leva a um espaço que abriga vários animais típicos do Ártico, inclusive pinguins.

Atração 7 – Journey To Atlantis

Contornando o parque pela parte debaixo, vamos dar do lado esquerdo do SeaWorld, perto da atração dos golfinhos.

Antes de ir nela, passaremos pela Journey to Atlantis, um passeio relativamente tranquilo de barco, que lembra muito a Splash Mountain do Magic Kingdom, mas mais curta.

Basicamente, a Journey to Atlantis se divide em dois estágios: um interno e outro externo. No interno, somos conduzidos por algumas salas escuras e bonitas, que simulam a cidade de Atlantis, até com alguns autômatos interessantes.

Já do lado exterior, temos uma subida considerável seguida com uma grande queda, que molha um pouco.

Atração 8 – Kraken

Finalmente! Depois de passear o dia inteiro, vamos a mais uma das clássicas atrações do SeaWorld: a Kraken. Para os fãs de longa data, é como um retorno à uma velha amiga, já que a Kraken foi a primeira montanha-russa do parque, há muitos anos.

Recentemente, a Kraken foi repaginada e ganhou um pouco mais de personalidade e modernidade. Ela ainda é uma montanha-russa bem forte e agitada, não recomendada para quem não gosta de adrenalinas, já que ela anda com muita velocidade, tem algumas inversões e loopings.

Atração 9 (opcional) – Antarctica: Empire of the Penguin

No nosso roteiro de 1 dia no Sea World, queremos pegar a apresentação das 16h do Dolphin Days. 

Se você estiver com o quick queue, provavelmente terá tempo para mais uma atração antes do show com os golfinhos. 

Neste caso, recomendamos a Antarctica: Empire of the Penguin.

A atração consiste em um passeio leve em uma espécie de palácio de gelo, com algumas apresentações em vídeo sobre a vida dos pinguins. No final, o participante é levado para uma área onde podemos ver dezenas de pinguins.

Caso não dê tempo, pule para o Dolphin Days e, em seguida, volte para participar do Antarctica.

Atração 10 – Dolphin Days

O Dolphin Days é um dos principais shows com animais do Sea World, impressionando até o mais mal-humorado dos turistas.

É uma diversão ver os treinadores brincando com os golfinhos, especialmente na parte em que eles surfam com os animais.

O show de acrobacias é impressionante, especialmente o que envolve o uso combinado entre os treinadores e golfinhos.

O evento dura ao redor de 20 minutos, com chance de molhar as pessoas que ficam nas primeiras filas.

O que fazer com o resto da tarde no Sea World?

O nosso roteiro de 1 dia no Sea World acaba com o show do Dolphin Days, aproximadamente às 16:30h.

Dependendo da época em que você estiver no parque, você ainda terá 1:30h ou 3:30h de diversão no Sea World.

Isso significa que você poderá aprofundar a sua experiência no local, conhecendo novas atrações ou repetindo aquelas suas favoritas.

Dentre as novas atrações, nós recomendamos os seguintes passeios:

  • Shark Encounter: um passeio rápido em um aquário com tubarões que fica debaixo d’água;
  • Clyde and Seamore’s Sea Lion High: um show com animais como leões marinhos, morsas e lontras. É bem engraçado, mas não é tão impressionante como o Dolphin Days;
  • Dolphin Cove: um tanque cheio de golfinhos e seus treinadores. Para quem tem o interesse, é possível pagar à parte e ter um encontro mais próximo com os animais;
  • Sesame Street at Sea World: quem viaja com crianças precisará passar algum tempo na Sesame Street at Sea World, a área da Vila Sésamo no parque.

São várias atrações para o público infantil ali, inclusive uma pequena montanha-russa, passeios de trem e brinquedos.

Além dessas atrações, pode ser interessante retornar para um ou dois passeios nos seus brinquedos favoritos. Por exemplo, eu adoro ir uma última vez na Mako e na Manta, já que são minhas montanhas-russas favoritas. 

Conclusão: vale a pena passar mais de 1 dia no Sea World?

Sim, claro que sim. O ideal seria separar dois dias para passear pelo Sea World. O primeiro seria só para aproveitar as atrações da parte “parque temático” do lugar, como as montanhas-russas e simuladores.

Já no segundo dia, o foco seria em todos os shows com animais, para aproveitar ao máximo das exibições e pegar os melhores lugares em cada uma delas, além de curtir as atrações ligadas aos animais do Sea World, como o aquário e a área com as focas.

Mas caso não seja possível, o nosso roteiro faz um bom trabalho em cobrir os principais atrativos do Sea World e ainda oferecer alguma folga para inserir mais atrações ou repetir as suas favoritas. Afinal, flexibilidade é algo muito importante em um roteiro de viagem.

Se você gostou deste roteiro, confira outros que fizemos para os parques de Orlando:

Como deu para ver, é possível fazer 1 dia no Sea World e aproveitar tudo que o parque tem a oferecer. Todavia, se você tiver necessidades especiais e precisar de um roteiro personalizado, entre em contato com a gente e conheça as nossas opções para transformar sua viagem em uma experiência única!

Author

Share

Receba Promoções e Novidades sobre a Disney
1
Mande um Whatsapp pra gente!!!
Powered by