Disney com Crianças – O Guia Completo

Author

Categories

Share

Os pais que planejam a primeira viagem de seus filhos à Walt Disney World costumam ter muitas perguntas, já que visitar a Disney com crianças é um território desconhecido que pode ser intimidador.

Este guia responde a algumas dessas perguntas.

Pode parecer estranho que esse guia seja escrito por pessoas que não têm filhos, mas como trabalhamos a anos com roteiros personalizados, recorrentemente recebemos famílias com filhos pequenos.

Sendo assim, podemos dizer que temos muita experiência no assunto com diferentes tipos de famílias, idades e crianças!

Se você está planejando sua primeira viagem com as crianças para o Walt Disney World, é provável que você não esteja lendo apenas um artigo ou guia de planejamento.

Portanto, embora pensemos oferecer alguns conselhos potencialmente novos aqui, recomendamos que sempre busque o máximo de informações possível em livros ou artigos na internet! E claro, se tiver alguma duvida ou dica diferente do visto aqui, deixa pra gente nos comentários!

Este guia destina-se a complementar outros guias feitos por nós como o nosso Guia de planejamento de viagens para a Walt Disney World e fornecer uma perspectiva mais direcionada as famílias que estão viajando com bebês ou crinaças.

Em suma, achamos que esse é um guia bastante decente para você ler ao planejar a viagem com as crianças ao Walt Disney World!

ATITUDE

Disney com Crianças
Disney com Crianças

O maior conselho que podemos oferecer como pessoas de fora é conhecer suas limitações.

Vimos esse cenário repetidamente, de várias formas: os pais aumentam os limites do filho de uma maneira ou de outra, e todo mundo passa mal.

Entendemos que, para muitas famílias, as viagens à Walt Disney World com crianças na “idade certa” são algo único na vida e um rito de passagem.

Entendemos que essas viagens são realmente caras e que existe um desejo natural de querer “fazer o máximo de mágica” possível para a criança. Principalmente com o valor do dólar que temos visto nos últimos anos.

No entanto, mesmo sem ter filhos, sabemos que filhos e pais ficam irritados depois de muita agitação e correria.

Também acreditamos que a irritabilidade não ocorre nessa ordem – os pais geralmente são a causa, não as crianças.

A irritabilidade dos pais se manifesta de várias maneiras, mas a maneira invisível é a mais comum: na teimosia de querer continuar pressionando quando normalmente não estavam no modo “normal” dos pais.

Isso, por sua vez, causa irritabilidade na criança que está além do seu ponto de ruptura, o que, por sua vez, causa mais irritabilidade nos pais, que fica pensando em quanto custa a viagem e em quanto diversão eles “precisam ter” com seus filhos.

Como pais, a atitude é tudo.

Não entre na viagem com a atitude de que você precisa para fazer 17 atrações por dia e deve ter X, Y e Z antes das 11h30. Seja realista! Lembre-se da palavra que SEMPRE falamos por aqui: PLANEJAMENTO.

Se precisar de uma ajuda mais profissional, nos procure!

Lembre-se de que 4 horas por dia de tempo de qualidade nos parques são melhores que 8 horas, consistindo de 2 horas de tempo de qualidade e 6 horas de tempo miserável.

Sim, as viagens custam muito dinheiro, mas as únicas memórias inestimáveis ​​são boas.

Se suas memórias são principalmente de estar na garganta um do outro, qual é o valor dessas memórias? Muito pouco.

Se em algum momento vocês resolverem forçar muito a barra, lembrem-se:

Arranje tempo para descansar! Não seja guerreiro. Nada é divertido se as crianças estão chorando e os pais estão irritados.

Se você já esteve no Walt Disney World antes de ter filhos, não espere seguir o seu ritmo antigo ou fazer as mesmas coisas que fez uma vez.

A desvantagem de ver a mágica através dos olhos de seus filhos quando eles se iluminam de alegria ao conhecer Mickey Mouse pela primeira vez é que você não pode fazer maratonas no parque como nós.

Mas isso nem pode ser considerado uma desvantagem pois o brilho nos olhos das crianças deve ser maior do que tudo nessa viagem.

Abordar a viagem com expectativas realistas e uma atitude positiva é o elemento mais importante para planejar uma viagem à Walt Disney World com crianças.

É muito bom ter um plano de ataque para fazer passeios na ordem mais eficiente (como você lerá abaixo), mas os pais devem estar preparados para abandonar esses planos imediatamente quando as crianças da viagem começarem a se aproximar desse muro.

Não permita que a teimosia dos pais cause irritação na criança.

Desculpe-nos por esse “choque” ou algo que você não estava esperando ler por aqui, mas vemos isso acontecer consistentemente em todas as nossas viagens e em relatos de vários seguidores e leitores das nossas mídias.

QUAL A IDADE CERTA PARA LEVAR AS CRIANÇAS NA DISNEY?

Disney com Crianças
Disney com Crianças

Com uma atitude realista e positiva, é hora de planejar a primeira viagem!

De longe, a pergunta mais comum que temos é: “qual a idade certa para levar meus filhos a Disney?”

Essa é uma pergunta controversa e vamos alegar ignorância.

Não apenas para evitar ofender as pessoas que discordam (não se preocupe, provavelmente faremos isso de alguma maneira antes da conclusão desta postagem), mas porque essa é uma pergunta carregada que realmente depende das suas circunstâncias.

É uma pergunta carregada, porque oque as pessoas esperam de uma viagem para Disney com seus filhos varia de família para família.

Para muitos adultos que levam seus filhos muito pequenos, a experiência não é sobre as lembranças das crianças, mas para os pais.

Trata-se de ver o rosto do filho se iluminar quando vê o seu personagem ou princesa favorita pela primeira vez.

Ou sobre colocar a primeira foto na frente do Castelo da Cinderela.

Podemos dizer agora que provavelmente não quereríamos ter problemas em levar uma criança de um ano para a Walt Disney World, mas nossa opinião pode muito bem mudar quando tivermos uma criança de 1 ano e queremos essas nossas próprias lembranças.

Nosso conselho aqui seria não permitir que outras pessoas modifiquem a decisão que você já tomou sobre quando é o certo para a primeira viagem, pois você entende melhor suas motivações do que ninguém.

Parece que muitos pais se acham pensando em fazer uma viagem com o bebê por qualquer motivo e depois se voltam para outras pessoas, quase como se quisessem ser convencidas de que sua ideia é maluca.

Nesta área de planejamento, seus instintos individuais e o seu instinto devem superar tudo o mais.

Se você quiser esperar até que as crianças tenham idade suficiente para andar, espere.

Se você quiser leva-los assim que for seguro (os especialistas aconselham que você limite a exposição de um recém-nascido a grandes grupos de pessoas, para que não fiquem doentes, então é o único grupo que excluiríamos definitivamente como sendo ” não ”na idade certa).

Você sabe o que quer mais do que eu sei o que você quer.

Independentemente de quando é a primeira viagem, prepare-os para isso.

Crie a emoção e ajude-os a entender o máximo possível sobre o que verão.

Prepare-os! Assim que você reservar, comece a ler histórias da Disney, assistir a filmes etc. A viagem Dumbo fica muito mais divertida depois de assistir ao filme. Conhecer Baloo é muito mais interessante se você já viu “O Livro da Selva”. Construa a antecipação.

Até mesmo videos no youtube das atrações que existem em Orlando. Um ponto de partida pode ser nosso canal no youtube.

Como esta seção é mais ou menos “quando ir para a Disney World com crianças”, também incluiremos uma época do ano.

Se possível, não vá em época de férias escolares (especialmente se seus filhos ainda não estiverem na escola).

Não estamos sugerindo que você os retire da escola, mas lembre-se de que as férias escolares são os horários mais movimentados.

Se você tem filhos menores, digamos 10 anos ou menos, evite ir nos horários de pico da multidão, se puder. Não estou exagerando quando digo que você poderá sentir medo de se separars dos seus filhos por causa multidão e não conseguir alcançá-los imediatamente.

Nos comerciais, há muito espaço para os cotovelos e você pode encontrar o Mickey Mouse parado lá com poucos outros, na realidade, é um mar de gente pressionando cegamente em direção às saídas e você será apenas um grão de areia se não tomar cuidado.

Temos um post mais claro sobre Qual a melhor época para ir para a Walt Disney World e la damos algumas boas dicas sobre quais épocas do ano são boas e ruins para visitar.

ONDE SE HOSPEDAR?

Onde ficar realmente depende da preferência pessoal.

Temos um review dos hotéis da Walt Disney World que podem lhe dar uma idéia do que mais pode interessar ao seu grupo.

Familia Hotel da Disney
Familia Hotel da Disney

O conselho comum para as famílias é permanecer em um hotel que não esteja espalhado.

O hotel compacto mais barato é o Port Orleans Resort – French Quarter da Disney, mas mesmo os Valores não são opções terríveis aqui, se o seu orçamento não permitir um dos Resorts Deluxe realmente compactos, como o Contemporary ou o BoardWalk.

Basicamente, fique no hotel mais compacto para seu nível de poder aquisitivo.

Isso significa que o French Quarter dos moderados, o Contemporary dos luxuosos e a All Star Music dos Value.

As vantagens são mais acentuadas no French Quarter e nos compactos Deluxes do que no All Star Music – praticamente todos os valores são iguais em tamanho.

Por fim, esse é o conselho do “melhor caso”, supondo que você não tenha um hotel favorito e também assumindo que isso realmente importa. Por exemplo, eu amo o Animal Kingdom Lodge e provavelmente levarei meu filho para ficar lá em sua primeira viagem!

Se você despreza o tema do Contemporary e ama o Grand Floridian, não ficará substancialmente incomodado com as pequenas caminhadas por lá.

Agora, se Old Key West for sua prioridade, pode haver motivos de preocupação. O Old Key West tem uma rota interna de ônibus, o que significa mais tempo de ônibus com as crianças toda vez que você quiser pegar uma refeição ou fazer qualquer coisa dentro do resort.

Mas isso também significa que você não precisa percorrer distâncias incrivelmente longas, porque existe esse sistema de ônibus interno.

Descobrimos que, apesar dos sentimentos dos adultos, muitas crianças adoram o tema exagerado dos Resorts de Valor.

Como disse uma seguidora nossa em nossas redes: “Meus filhos adoraram o Pop Century! Há uma mesa de pingue-pongue, jogo Twister e um filme noturno da Disney à beira da piscina principal.”

As piscinas dos resorts também devem ser levadas em consideração, pois os intervalos do meio-dia na piscina parecem populares e bem lembrados pelas crianças.

Veja o que o tema da piscina mais agrada (a melhor piscina de longe é a Storm-Along Bay no Yacht and Beach Club) para seus filhos e leve isso em consideração na decisão.

Escolher o hotel “certo” parece ser uma daquelas coisas que parecem impossíveis chegar em um consenso.

Temas diferentes irão agradar a diferentes famílias.

Recebemos feedback suficiente dos pais que consideram os resorts espalhados péssimos devido à inconveniência de ter que se andar muito com as crianças, mas muitos outros não se importam com os ônibus internos.

Se você não tem certeza se isso é importante para você e está viajando com crianças pequenas, considere fazer uma aposta e optar por um dos resorts mais compactos da Disney.

Seguindo essas mesmas linhas de planejamento, muitos leitores recomendaram não ir a parque todos os dias, mas passar um dia ou dois para descansar e aproveitar o hotel.

Achamos isso uma ideia excelente, principalmente dentro de um hotel Disney onde você terá diversas oportunidades e coisas bacanas para se ver.

ONDE COMER COM CRIANÇAS NA DISNEY ?

Certos restaurantes são mais divertidos para as crianças. Ou seja, restaurantes com temas legais e para crianças são os mais atrativos para quem esta viajando com bebês ou crianças pequenas.

Disney com Criancas Restaurante
Disney com Criancas Restaurante

O teatro de ficção científica Dine-In está no topo desta lista. Outro bem bacana é Hoop De Doo Revue que tem um show todas as noites muito divertido e musical! Lembrando que diversos desses restaurantes necessitam de reserva.

Existem alguns lugares em que não recomendamos jantar na disney com crianças.

Tentamos evitar jantar em restaurantes que cobram uma taxa de no-show de US $ 10 / pessoa para garantir uma reserva, especialmente no jantar.

Isso é cobrado apenas se você não cancelar a reserva com pelo menos 48 horas de antecedência.

A razão pela qual não recomendamos esses restaurantes é porque você só saberá até o dia se as crianças vão jantar depois de um longo dia no parque, e quando você souber, você precisará cancele e pagar a taxa, ou levar algumas crianças potencialmente mal-humoradas para jantar para evitar a taxa.

Em alguns casos, reservar restaurantes que cobram essa taxa pode parecer inevitável.

Restaurantes de personagens populares como Chef Mickey’s e Crystal Palace cobram essa taxa, mas, felizmente, esses dois restaurantes estão abertos para o café da manhã, quando as coisas são muito mais previsíveis com as crianças.

Tomar um café da manhã com personagens no Crystal Palace também significa entrar no Magic Kingdom antes dos convidados (se você reservar um horário na primeira hora, é aberto), o que pode ser uma experiência realmente especial para as crianças(e para os adultos também)!

Nossa outra recomendação para lugares que muitas famílias devem evitar são os Signature Restaurants. (Há muita sobreposição entre esses restaurantes e os restaurantes com taxa de US $ 10, pois a Signature Restaurants cobra a taxa de US $ 10).

Esses restaurantes permitem crianças e muitos pais levam seus filhos para os restaurantes.

No entanto, são restaurantes de luxo que definitivamente são voltados para adultos, com ambiente adulto, culinária para adultos e preços para adultos.

Se seus filhos costumam ser barulhentos ou indisciplinados durante o jantar (ou precisam se divertir com um iPad ou livro de colorir para se comportar), provavelmente não é a melhor das idéias para trazê-los a esses restaurantes.

Mencionamos isso porque muitos guias “para crianças” escritos por pais reais tentam justificar levar crianças a esses restaurantes com a mentalidade de que “é a Disney World, o lugar foi feito para crianças, elas estão bem em QUALQUER LUGAR”.

Falando pelos adultos sem filhos que formam a principal clientela dos restaurantes exclusivos: isso não é verdade.

Não apenas a Walt Disney World não foi construída apenas “para crianças”, mas outros clientes de restaurantes ficam irritados com a presença de crianças muito barulhentas durante sua refeição agradável e (muito) cara.

Pais e filhos podem discordar disso, mas achamos que esse é um dos compromissos mencionados no início.

Adultos sem filhos desfrutam de refeições requintadas, os pais apreciam o brilho nos olhos de seus filhos quando eles conhecem Pluto … pais, você ainda está obtendo a melhor experiência possivel na disney =)

Se seus filhos são bem-comportados, leve-os a qualquer restaurante (além da Victoria & Albert, onde eles são proibidos).

Pode ser uma maneira cara de alimentar crianças, mas não há necessariamente um problema em levá-las.

Quanto aos restaurantes com serviço de balcão, a maioria dos lugares do Walt Disney World tem opções muito fáceis que atraem as crianças.

O World Showcase no Epcot é uma exceção notável a isso, assim como o Be Our Guest Restaurant no Magic Kingdom.

O World Showcase não deve surpreender, e pais com comedores exigentes podem almoçar no Sunshine Seasons antes de ir para o World Showcase.

O Be Our Guest Restaurant no Magic Kingdom está localizado em New Fantasyland, por isso este pega mais pessoas de surpresa.

O restaurante Be Our Guest é muito legal e as crianças vão adorar a experiência. Portanto, se você puder convencê-las a experimentar coisas um pouco fora de suas zonas de conforto, aqui seria o lugar para experimentar.

Nossa recomendação final com as refeições é ir cedo para evitar as multidões.

Recomendamos que todos façam isso, mas isso é especialmente importante para as crianças.

Alguns restaurantes ficam muito movimentados ao meio-dia, a tal ponto que pode ser difícil encontrar uma mesa.

Malabarismo com as crianças e as bandejas durante esse período pode ser difícil (vimos muitas famílias lutando com isso), e é muito mais fácil quando as coisas não estão tão ocupadas.

O horário de funcionamento dos restaurantes varia, mas a maioria começa a servir o almoço às 10h30 ou 11h.

ATRAÇÕES DA DISNEY COM CRIANÇAS

A recomendação mais importante aqui é não levar crianças em passeios que não estão prontos para experimentar.

Mas como você pode saber se eles estão prontos? Bem, a melhor maneira é avaliar suas reações ou o que eles dizem quando se aproximam de uma atração.

Muitas crianças estão assustadas com a perspectiva da Mansão Assombrada, e só porque um membro do elenco diz que são fantasmas principalmente cômicos não significa que seus filhos vão entender a nuance da atração.

E já ouvimos crianças gritando dentro da atração que parecia que iam morrer.

Para eles, pode ser que um fantasma seja um fantasma, e todos são igualmente assustadores. Você também pode achar que eles têm medo de coisas que parecem inócuas.

Se eles estão relutantes em ir em As muitas aventuras de Winnie the Pooh, não os force.

As crianças nem conseguem andar em algumas atrações devido ao limite de altura. No entanto, é importante lembrar que a altura não garante que uma criança desfrute de uma atração.

Parece que todos os dias que estamos no Walt Disney World, vemos pais tentando convencer os filhos a serem “corajosos” e a fazerem uma atração específica.

Isso provavelmente decorre da mentalidade de que as férias eram caras e os pais querem obter o valor do dinheiro.

Se a atração vai traumatizar a criança e deixá-la nervosa ao experimentar atrações subsequentes com as quais ela não teria problemas, o que é ganho ao forçá-la a “ser corajosa”? Nada.

Suas lembranças da viagem se formarão em torno dessas experiências negativas e haverá problemas para o resto do dia ou o resto da viagem. Então, por que forçá-lo?

A lógica que as crianças têm para querer ou não fazer as coisas confunde até os astronautas (que deveriam saber tudo); portanto, não faz sentido tentar racionalizar ou argumentar com eles sobre experimentar uma atração.

Obviamente, você conhece seus filhos melhor do que um guia escrito por um estranho que não os conhece e sempre há a chance de que seus filhos tenham hesitação inicial, mas geralmente ficam bem quando se envolvem na experiência.

Se você sabe que esse é o caso de seus filhos, desconsidere os conselhos acima e incentive-os a visitar atrações sobre as quais estão nervosos.

Mas se você não sabe, e se vê pressionando-os porque deseja fazer o máximo possível, repensar a estratégia.

Quanto às atrações melhores para as crianças, isso depende da criança.

Vimos crianças gostando e não gostando de quase todas as atrações da Walt Disney World, e qualquer lista que você vê em outros lugares será baseada no que as crianças do roteirista gostam. Os filhos deles não são iguais aos seus.

Eu absolutamente amei o Country Bear Jamboree quando criança (e ainda o amo), mas leio os pais o tempo todo que o chamam de soneca que faz seus filhos dormirem.

O ponto é que o que pessoas e crianças diferentes apreciam pode ser chocante.

Você não pode planejar tudo, então esteja preparado para seguir o fluxo. De repente o passeio favorito do seu filho pode ser apenas o monorail hehe.

Para ter uma ideia do que seus filhos vão gostar com antecedência, recomendamos assistir a atrações do YouTube em vídeos;

Basta procurar o nome da atração e você encontrará muitos resultados.

Você pode até assisti-los com seus filhos para ver a reação deles a atrações específicas (como dissemos acima, eles podem se assustar com coisas que o surpreendem e podem gostar de coisas que você pensou que os assustariam).

Você também pode nos procurar para tirar duvidas sobre alguma atração. Quem nos acompanha no instagram sabe que mostramos muitas atrações por dentro também.

Também é importante lembrar que, para crianças, o encontro e o recebimento de personagens são uma parte importante da experiência.

Fazer uma refeição de personagem pode ser uma ótima maneira de ver vários personagens sem esperar na fila e enquanto come no ar condicionado.

Se você não quiser fazer refeições com os personagens, os meet & greets como o character spot no epcot que são em ambientes fechados geralmente são melhores opções.

Esperar na fila pelo Epcot Character Spot é melhor do que esperar em filas separadas (geralmente no calor do lado de fora) pelos personagens principais, se isso é algo que seus filhos querem.

Vários personagens amados estão no ponto do personagem e, embora a fila possa demorar muito para esse meet & greet, geralmente é mais curta do que esperar em linhas separadas em outros lugares.

Não importa o quanto você se prepare e eles, sempre haverá a possibilidade (não, probabilidade) de que eles o surpreendam quando você o visitar.

Até hoje, lembro-me de ter ficado assustado com o agora fechado Universe of Energy quando criança(era uma atração extremamente boba).

Isso não foi culpa de meus pais, mas foi uma experiência ruim que ainda me lembro. Coisas imprevisíveis como essa acontecem, e o melhor que você pode fazer é controlar os danos assim que acontecerem.

“PLANO DE ATAQUE”

Fazer os parques da Disney com crianças é muito mais fácil se você acorda cedo e vai aos parques antes da abertura.

Idealmente, você vai querer chegar de 15 a 30 minutos antes do horário oficial de funcionamento e deseja ter um plano de ataque pelo menos no início da manhã.

Geralmente, isso envolve experimentar várias atrações da Fantasyland e New Fantasyland, a maioria das quais é rapidamente experimentada e pode obter longas filas no final do dia.

Nesses casos, a diferença entre estar no parque às 8h30 e às 10h30 pode ser uma espera de 5 minutos no voo de Peter Pan e uma espera de 60 minutos no voo de Peter Pan.

A importância de chegar cedo não pode ser subestimada.

Quanto aos planos específicos de ataque, temos uma variedade de itinerários de 1 dia para os parques da Walt Disney World (e outros).

Não espere seguir esses planos à risca se tiver filhos pequenos.

Eles podem ficar cansados, irritados ou fazer algo que realmente não querem fazer.

Não estamos sugerindo que você sempre deva deixar as crianças darem as cartas, mas na Walt Disney World … há muitas circunstâncias em que você deve deixar as crianças ditarem o ritmo pelo menos.

Se seu filho apaixonado por coelhos vê White Rabbit e Alice no Mad Tea Party, mas seus planos exigem o Barnstormer, será difícil explicar a importância da “eficiência” e pular Alice e White Rabbit.

Quando você está com crianças na disney, esses planos devem ser um esboço do dia, não planos rígidos de ataque.

Esse foi um conselho que vários pais compartilharam conosco, e o tema recorrente desse conselho era que é importante desacelerar e não planejar demais.

Seja paciente e não planeje demais. As crianças mais novas vão no seu próprio ritmo. O membro mais jovem do seu grupo sempre determinará seu estilo de passeio. Desacelere, tire uma soneca e mantenha-os o mais próximo possível do horário normal, especialmente para as refeições. Você terá uma viagem melhor e todos os outros também. Um derretimento não é divertido para ninguém.

Além de chegar cedo e ter um plano flexível, você também deve utilizar o sistema FastPass + gratuito da Disney, que permite obter um ingresso para retornar a uma atração mais tarde e ignorar a maior parte da linha em atrações selecionadas.

Mais uma vez, esteja preparado para não usá-los se seus planos mudarem. Não há crime em desperdiçar um FastPass. Outra opção semelhante de economia de tempo é o Rider Switch Pass (mais conhecido como “Child Swap”), que pode ser obtido com os membros do elenco fora das atrações com limites de altura.

Esse passe permite que um dos pais fique com as crianças que não atendem ao requisito de altura para uma atração enquanto o outro pai (ou grupo de pessoas acima da altura) espera com as crianças.

Quando o pai / grupo de pilotagem é concluído, o pai / grupo em espera (até 3 por passe) pode usar o passe como um FastPass+.

Como três pessoas podem usar o passe, seus filhos que são altos o suficiente para andar na atração podem concebivelmente ir duas vezes: uma na fila com o primeiro pai e a segunda vez usando o passe com o pai que assistiu pela primeira vez!

Os intervalos para o meio-dia são outra recomendação popular, e é algo que recomendamos que você aproveite para pais e não-pais.

O meio do dia não é apenas o momento mais movimentado dos parques, mas também é o mais quente!

Um intervalo ao meio-dia permite que você retorne para se divertir à noite; então, definitivamente, deixe o parque durante o meio do dia.

Quando se trata de um “plano” para preservar as memórias; Tire fotos no início do dia em que as crianças estiverem felizes e não cansadas … foto que mostrará exatamente o que eles estão vestindo se você se separarem durante o dia.

CARRINHOS DE BEBÊ (Strollers)

Os carrinhos de bebê recebem sua própria seção aqui, pois muitos pais compartilharam conselhos sobre carrinhos de bebê.

Descobrimos que, se tantas pessoas estão compartilhando conselhos sobre elas, as dicas de carrinho de criança devem ser muito importantes.

Stroller DIsney
Stroller DIsney

O conselho sobre carrinhos de criança era bastante dividido em alguns aspectos, com opiniões conflitantes até mesmo dos pais.

Somos da opinião de que os carrinhos de criança são uma necessidade.

Os parques são enormes e crianças pequenas simplesmente não podem atravessar o World Showcase ou o Animal Kingdom sem alguma assistência. Alias, muitos adultos tem dificuldades em andar tanto assim nos parques.

No entanto, para crianças maiores, os carrinhos de criança podem ser usados ​​em excesso. Se essas crianças atingiram seu limite, elas deveriam ser realmente forçadas a continuar com os carrinhos? Especialmente quando eles nunca usam carrinhos de criança estão em casa?

Quando você olha para as fotos da Walt Disney World nas décadas de 1970, 1980 ou mesmo no início da década de 1990, como costumamos observar, nota muito (MUITO!) menos carrinhos de criança espalhados pelos parques.

Não é porque mais crianças estão visitando agora, é porque um segmento maior de crianças está usando carrinhos de criança.

Quando visitamos os parques de Paris e da Ásia, notamos um uso surpreendentemente menor de carrinhos de passeio pelos visitantes nos parques internacionais.

Ainda existem carrinhos de criança, mas não quase tantos.

Suponho que grande parte disso tenha a ver com o estilo de vida ativo de europeus e asiáticos em comparação com os americanos/sul americanos, mas isso é apenas um palpite.

De qualquer forma, nosso primeiro conselho quando o planejamento antecipado não seria planejar alugar um carrinho para crianças mais velhas, mas sim aumentar a resistência antes da viagem (isso vale especialmente para os adultos também).

Os carrinhos de bebê são tão problemáticos quanto convenientes, então por que escolher um se você realmente não precisa? Obviamente, isso não será um conselho prático para todos.

No entanto, nem todo mundo concorda. Muitas vezes ouvimos: “Alugue um carrinho! Mesmo para os seus filhos que os superaram … ”.

Aqui você pode levar o seu carrinho de casa mas pode ser um grande transtorno despacha-lo na ida e volta, sendo assim, a melhor opção para se ter um carrinho de bebê de qualidade em sua viagem é alugar um.

Felizmente trabalhamos em parceria com uma excelente locadora e a recomendamos completamente. Ela se chama Pequenos Viajantes elá vocês encontrarão o carrinho mais indicado para sua viagem. Utilize o cupom: pdp5 para ganhar 5% de desconto ainda!

Independentemente de você alugar ou trazer a sua, a recomendação esmagadora que os pais compartilharam conosco era usar um carrinho com cobertura.

Convenientemente os carrinhos de nosso parceiro a Pequenos Viajantes já incluem essa cobertura e ainda uma capa de chuva complementar sem custo(que deve ser devolvida nas mesmas condições).

Assim que receber seu carrinho, aprenda como dobrar o carrinho e, se puder, dobrá-lo antes que o ônibus chegue, não quando você estiver embarcando.

O conselho do ônibus é algo a considerar ao decidir qual carrinho usar nos parques. Por um lado, um carrinho do tamanho de Cadillac pode ser bom de usar, mas a desvantagem é transportá-lo quando não há crianças nele, o que pode realmente ser uma dor.

Pese os prós e os contras antes de escolher um carrinho.

MAIS E MAIS DIVERSÃO

Muitas pessoas procuram maneiras de tornar a viagem mais “mágica” para seus filhos.

Aconselhamos os pais a não se preocuparem muito em adicionar mais “mágica” para as crianças, pois isso parece mais pressionar os adultos do que realmente resultar em uma experiência aprimorada para as crianças.

Disney com Crianças
Disney com Crianças

Realmente, se você é uma criança na Walt Disney World, isso já é o mais mágico possível.

Existem maneiras de tornar a viagem mais “interativa” para as crianças.

As câmeras descartáveis ​​são uma maneira barata de deixar uma criança ser um fotógrafo sem arriscar o iPhone. As bolsas com zíper são indispensáveis ​​para os eletrônicos das crianças!

Comprar pins da Disney antes da viagem para negociar com os cast members também é um adicional bacana.

Sobre as lembrancinhas, é sempre bom comprar no Walmart pois as coisas ficam muito mais caras nos parques.

Traga suas próprias roupas, nunca as compre nos parques. Compre seus vestidos de princesa logo após o dia das bruxas na amazon.com, eles estarão à venda em promoção. Nunca pague o preço total, se quiser, espere e ele estará à venda.

Tire muitas e muitas fotos! É muito comum você ficar perdido com tanta coisa para se ver e fazer na Disney. Principalmente se for sua primeira vez sozinho ou com as crianças. Se você tiver muitas fotos, é provavel que veja detalhes as fotos que perdeu no momento!

Poderíamos continuar com dicas, mas tememos que este artigo já esteja chegando à sobrecarga de informações.

Se você ainda tiver perguntas não respondidas, poste-as abaixo!

Se você precisar de ajuda personalizada para planejar qualquer aspecto de suas férias, recomendamos entrar em contato conosco para montar um plano de ação em conjunto com vocês.

Uma viagem à Walt Disney World com crianças pode parecer avassaladora e pode parecer que muita coisa pode dar errado … mas muito mais pode dar certo do que errado. Role com os socos e lembre-se de relaxar e se divertir!

Planejando uma viagem para o Walt Disney World? Aprenda sobre hotéis na nossa postagem sobre hotéis da Walt Disney World.

Para onde comer, leia nossas postagem de onde comer na Walt Disney World gastando pouco.

Para economizar dinheiro com ingressos utilize nosso desconto e peça uma cotação com nossa agência.

Espero que essa postagem tenha ajudado aos papais e mamães que estão planejando levar suas crias para o melhor lugar do Mundo.

Não se esqueça de nos ajudar compartilhando essa publicação e deixando sua opinião aqui nos comentários!

Author

Share

Receba Promoções e Novidades sobre a Disney
1
Mande um Whatsapp pra gente!!!
Powered by