Em dúvidas sobre como juntar dinheiro para ir para a Disney em 2019? Nós ensinamos alguns macetes para você aprender como poupar e realizar seu sonho ainda esse ano!

Buscando informações sobre como juntar dinheiro para ir para a Disney 2019? Então chegou ao lado certo: aqui vamos ajudar você a montar um plano financeiro que o levará para passear nos parques da Casa do Mickey ainda em 2019.

A gente sabe que não é fácil para qualquer um ir para a Disney.

Com o dólar nos padrões atuais, fica um pouco difícil passar férias nos parques em Orlando, mesmo que seja por apenas uma semana.

Mas, com um pouco de planejamento econômico e dedicação, é possível realizar esse sonho.

Quer saber como? Então continue lendo!

O que fazer antes de juntar dinheiro para ir para a Disney

Antes mesmo de você começar a juntar dinheiro para ir para a Disney nesse ano, você precisa fazer duas coisas. A primeira delas é sentar com um papel e uma caneta e fazer contas. Não é muito legal, não é muito divertido, mas é necessário.

O que você deve fazer é o seguinte: pesquisar diferentes cenários de viagem para a Disney e calcular o custo desses roteiros.

Por exemplo, quanto custaria ficar 7 dias em um dos resorts da Disney, com ingressos para ir aos parques todos os dias? Então você calcula as diárias em diferentes resorts, o preço dos ingressos, alimentação e outros gastos.

Depois, você pensa em outro cenário: ok, quanto custaria ficar 7 dias em um hotel de Orlando e ir todos os dias aos parques da Disney? Calcular o hotel, transporte, alimentação, ingressos e por aí vai.

Monte vários cenários possíveis para ver qual o mais interessante, quais são possíveis dentro da sua realidade e quais você toparia fazer.

A segunda coisa que você precisa fazer é organizar as suas economias de modo a garantir que você possa poupar pelo menos um pouquinho todos os meses para as suas viagens. Eu sei que isso não é fácil (ou possível) para qualquer um, mas eu darei algumas dicas a seguir de como cortar gastos.

Como cortar gastos para juntar dinheiro para a viagem

Vamos lá: é fácil juntar dinheiro para ir para a Disney? Não. Dá para encontrar algum espaço para cortar no seu orçamento doméstico e poupar? Talvez.

Comece com um levantamento de todos os seus gastos e note quanto de dinheiro você gasta todos os meses com itens supérfluos, como cinema, vídeo-game, restaurantes, maquiagens. Tudo que der para cortar da sua vida sem um impacto duradouro.

Depois de listar, temos de procurar uma alternativa gratuita ou mais barata para cada um deles. Em vez de ir ao cinema toda semana, por exemplo, que tal assinar uma Netflix? Pelo preço de um ingresso, você tem filmes o mês inteiro. E que tal pular aquela saída para um restaurante e fazer um jantarzinho especial em casa? É bem mais barato, né?

Aproveite e busque informações no Google sobre o circuito cultural e atividades na sua cidade. Com certeza você descobrirá que existem peças de teatro, passeios turísticos e muitas outras coisas gratuitas (ou quase) acontecendo ao seu redor, que permitirão que você se divirta bastante e sem gastar muito.

Após cortar nos supérfluos, é hora de ver se é possível poupar com os gastos essenciais. Eu não proponho cortar nada, mas tentar encontrar opções mais baratas para o seu dia a dia. Quer ver como?

Quando você vai no supermercado comprar uma carne, por exemplo, você escolhe uma bandejinha do freezer do açougue? Se sim, é provável que você esteja pagando mais caro do que deveria por aqueles bifes. Isso porque a carne que vai para a bandejinha tem um preço, por quilo, maior do que aquela fornecida pelos atendentes do açougue.

Além disso, se você comprar uma peça e cortar em casa, paga ainda menos no quilo (e economiza muito mais!). Não é só com carnes que isso acontece: se você compra frutas, pães, vegetais na bandeja, paga mais do que avulso. Isso acontece porque a maioria dos mercados embute no preço desses produtos o trabalho dos funcionários de prepará-los. O mesmo vale para sucos, lanches e outras coisas feitas pelo próprio estabelecimento.

Eu próprio conheço histórias de pessoas que costumavam pagar R$8 reais em uma bandeja com 5 bistecas enquanto, no açougue, a mesma quantidade de bifes ficava em R$4. Por isso, pesquise bem e você verá que é possível economizar muito na sua compra de mês.

Como juntar dinheiro para ir para a Disney em 2019

Bom, mas e aí? Depois de tudo isso, como juntar dinheiro para ir para a Disney em 2019? É o que veremos nas próximas 4 dicas. Siga a leitura!

Calcule o quanto você precisa juntar

O primeiro passo é saber quanto você vai precisar juntar nessa brincadeira toda. Você já deve ter feito isso lá atrás, quando conversamos sobre o que fazer antes mesmo de começar a economizar. Então, aqui é a hora de decidir como será a sua viagem.

Será de 7 dias? 10? 15? Você ficará em um dos hotéis da Disney ou em alguma opção em Orlando? Vai em todos os parques? Só um? Dois? Vai fazer compras com cupons de desconto nos outlets ou não?

Defina tudo isso e ponha os valores na ponta do lápis.

Descubra quanto você pode poupar

Com o seu montante definido, é hora de ver quanto você pode poupar todos os meses depois de seguir todas as dicas que vimos anteriormente: procurar alternativas baratas para os gastos supérfluos, economizar na compra de supermercado e tudo mais.

Quanto ficou de economia? R$ 50? R$ 100? R$ 500? É óbvio que, quanto mais, melhor, mas podemos trabalhar com quanto for possível.

O próximo passo depois disso é óbvio: dividir o montante que você precisará pagar pelo total que você consegue economizar. Por exemplo, imagine que sua viagem vai custar R$ 8.000 e você consegue poupar R$ 700 por mês. Então, em 11 meses você junta tudo que precisa.

Porém, é aí que entra um super-macete: nem tudo você precisa pagar de uma vez. Por exemplo, você pode parcelar o bilhete de avião e pagar mesmo depois de ter voltado. Alguns hotéis também aceitam parcelamento. Assim, seus R$ 8.000 podem cair para R$ 5.000, R$ 4.000 e, de repente, sua viagem fica muito mais próxima.

Se mesmo assim não for possível, passe para a próxima dica.

Procure por outras fontes de renda

Ok, quais são as nossas opções aqui? Como você pode ganhar mais dinheiro para realizar o sonho de ir para a Disney?

Se você tiver alguma habilidade muito útil, talvez você possa pegar alguns trabalhos freelance, como designer, editor de vídeo, modelo, fotógrafo, Uber. Qualquer job desses já dá um turbo na sua poupança para a viagem.

Outra opção é vender roupas, livros, games e outros objetos que você não usa mais. Pode não dar muuuuuita grana, mas ajuda com um jantar ou almoço barato na Disney.

Invista seu dinheiro para render mais

Se você tiver um pouco mais de tempo para esperar, uma maneira legal de conseguir a grana para ir para a Disney é investindo seu dinheiro. Claro que, nesse caso, não seria em 2019 ainda, mas exigiria bem menos esforço também.

Por exemplo, imagine que nesse ano você conseguiu juntar R$ 3.500. Em uma aplicação relativamente conservadora, que renda R$ 12,50 ao ano, esse montante se transformaria em R$ 5.000.

Para quem não tem problemas em esperar, seria um período com menos exigência até juntar o valor necessário para viajar.

Você tem o interesse em mais dicas de investimentos para juntar dinheiro para viajar? Se sim, deixe nos comentários abaixo para que a gente providencie mais materiais desse tipo.

E aí, gostou das nossas dicas de como juntar dinheiro para ir para a Disney em 2019? Agora é colocar a mão na massa e transformar seu sonho em realidade. Nos vemos por aqui!

Previous articleSplash Mountain: Atrações do Magic Kingdom
Next articleProdutos disney para mandar entregar em seu hotel
Apaixonada por Disney desde neném (culpo meus pais, meu o 1º quartinho de bebê foi tematizado da Disney), todos os anos era a mesma história no meu aniversário, qual será o tema da Disney que escolheremos para a festa desse ano? Minha mãe tinha casa de festas e cada ano escolhíamos um filme da Disney para o tema da festa, até que no meu 6º ano de vida, fomos comemorar meu aniversário na própria Disney em Orlando. Uma viagem que deixou muitas histórias para contar, teve direito a olhares encantados para as princesas, e para o Castelo no show de fogos, medo dos personagens irmãos gêmeos do filme da Alice, e sair chorando correndo da antiga atração do Alien em Magic Kingdom, que fui levada pelo meu pai, escondida da minha mãe. Rs. Desde então fiquei apaixonada por esse lugar, e todas as idas parecem a primeira vez, e do que a Nathalia só sabe falar? Disney! Em 2014 surgiu o Carlos na vida dessa disney-maniaca, em 2016 começamos a nossa história, e descobrimos esse amor por Disney em comum, não podia dar mais certo não? O maior fruto disso nasceu em 2017, o Partiu Disney Parks, aqui podemos compartilhar todas as novidades e informações sobre esse mundo que tanto amamos.